Home A Top A CYPE Produtos Serviços Ensino Superior Contactos
PRODUTOS
Software Cype
Pacotes promocionais
Publicações Cype
Requisitos mínimos de hardware e software
Preços de Atualizações
Novidades

TECNOLOGIA OPEN BIM

lightbox

Com a tecnologia Open BIM é possível implantar um fluxo de trabalho colaborativo, multidisciplinar e multiutilizador que permite o desenvolvimento de projetos de forma aberta, coordenada e simultânea entre os distintos técnicos ou agentes intervenientes.

Nesse fluxo de trabalho, proposto pela CYPE Ingenieros, o projeto executa-se de forma iterativa mediante a execução progressiva dos seus diferentes aspetos ou componentes.

A principal característica da tecnologia Open BIM e a sua principal vantagem é o facto de estar baseada em formatos de intercâmbio standard abertos e públicos (IFC), assim o conteúdo do projeto BIM não está vinculado a nenhuma aplicação ou software em concreto. Além disso, graças à utilização destes formatos de intercâmbio, as aplicações específicas utilizadas para resolver os diferentes aspetos de um projeto não têm de estar vinculadas a um único fabricante de software.

Início do projeto BIM
A partir de um ficheiro em formato IFC (obtido através de um software de modelação 3D, por exemplo IFC Builder, Allplan, Archicad ou Revit), contendo informação sobre o modelo 3D do edifício, , e localizado na plataforma web BIMserver.center, é possível ser importado pelos novos programas CYPE (aplicações direcionadas a cada especialidade de engenharia) adaptados à filosofia Open BIM.

Desta forma, as novas aplicações irão ler o modelo 3D do edifício, existindo a opção de ficarem conectadas ao IFC que contém o respetivo modelo.

Atualização do modelo BIM nas aplicações especializadas
Uma vez criada a conexão com o modelo BIM sobre as aplicações especializadas, e com os diferentes projetos, podem realizar-se modificações sobre esse modelo. A forma como as aplicações da CYPE Ingenieros reagem após as modificações no modelo ao qual se tenham vinculado, é uma das características diferenciadoras e avançadas do fluxo de trabalho Open BIM.

Assim, no caso do modelo do edifício (IFC) sofrer alterações, os programas alertam os utilizadores e possibilitam a sincronização de informação com o IFC modificado. Como consequência, não existe perda total de informação, já que não se importa de novo o ficheiro mas se efetua uma atualização da informação, perdendo-se apenas o trabalho obsoleto relativamente às modificações efetuadas no modelo 3D do edifício, e sempre sob a supervisão do utilizador, mediante as opções de atualização disponíveis.

Exportação de ficheiros IFC para o projeto BIM
Após finalizados os projetos, existem aplicações que permitem a exportação dos resultados em formato IFC. Estes ficheiros ficarão localizados no mesmo diretório do IFC que contém o modelo 3D do edifício. Estes novos IFC podem ser lidos entre as diversas aplicações, sendo uma mais-valia quando existem aplicações dependentes dos resultados de projetos de outras aplicações.

Portanto, à medida que se vai desenvolvendo o projeto, a informação correspondente ao modelo BIM vai-se ampliando mediante os ficheiros IFC gerados pelas aplicações especializadas. É o que chamamos consolidar o modelo BIM.

Este processo é simples. Note-se que o modelo BIM já não é unicamente o ficheiro IFC original, mas sim o ficheiro IFC original e todos os gerados pelas distintas aplicações especializadas. Desta forma, o modelo BIM sobre o qual trabalham os diferentes técnicos inclui toda a informação consolidada que foi gerada entre todas as aplicações específicas utilizadas.

Esta característica do fluxo de trabalho proposto possibilita duas funcionalidades claramente diferenciadoras: por um lado a consolidação, que permite a interação entre as diferentes aplicações especializadas (por exemplo, CYPETHERM HVAC lê as cargas térmicas dos compartimentos que foram geradas no CYPETHERM LOADS) e, por outro, desvincular o conteúdo do projeto BIM das aplicações que se usaram no desenvolvimento do projeto (o projeto BIM não é o ficheiro de nenhum programa, mas sim, o conjunto de ficheiros IFC que o compõem).

 

CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS

IFC Builder
Software gratuito
Criação e manutenção de modelos 3D de edifícios
Exportação dos dados para IFC
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM REH BIM Starter
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e sincronização de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC e gbXML
Cálculo da transmissão térmica de elementos construtivos, segundo ISO 6946 e ISO 10077-1
Cálculo térmico para elaboração de pré-certificados, respetivas peças escritas e desenhadas
Sombreamento automático a partir da importação do IFC
Deteção e cálculo de pontes térmicas lineares a partir do IFC

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM REH BIM Pro
Potencialidades do CYPETHERM REH BIM Starter
Cálculo térmico para elaboração de certificados, respetivas peças escritas e desenhadas
Geração do Relatório de peritagem
Peças escritas sobre Avaliação de desempenho energético
Exportação dos dados para ficheiro XML, permitindo a posterior importação pelo portal da ADENE

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM REH BIM Expert
Potencialidades do CYPETHERM REH BIM Pro
Cálculo do coeficiente de transferência de calor em elementos em contacto com o solo, segundo a norma EN ISO 13370
Cálculo dos coeficientes de transmissão térmica linear, segundo a norma EN ISO 14683
Cálculo do fator b, segundo a norma EN ISO 13789
Cálculo da capacidade térmica do edifício, segundo a EN ISO 13786, e respetiva listagem justificativa
Análise gráfica dos resultados, inclui listagens justificativas de todos os cálculos
Permite a exportação dos dados para o CYPETHERM Improvements (Medidas de melhoria)
Criação de medidas de melhoria, geração da análise energética e económica

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM EPlus BIM Pro
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e sincronização de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC e gbXML
Importação de ficheiros com dados climáticos em formato epw
Definição nos compartimentos de cargas de ventilação, iluminação, ocupação e equipamento interno
Definição de perfis de utilização
Definição de zonas, perfis de aquecimento e arrefecimento
Definição de sistemas de AQS e climatização
Método de simulação dinâmica multizona (EnergyPlus)
Cálculo das necessidades energéticas do edifício objeto
Disponibiliza os ficheiros de avisos e resultados do Energy Plus
Geração do relatório sobre as necessidades energéticas

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM EPlus BIM Expert
Potencialidades do CYPETHERM Eplus BIM Pro
Cálculo dos consumos energéticos do edifício objeto
Geração de relatório sobre os consumos energéticos
Permite a exportação dos dados para o CYPETHERM Improvements (Medidas de melhoria)

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM RECS Plus BIM Pro
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e sincronização de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC e gbXML
Importação de ficheiros com dados climáticos em formato epw
Definição de consumos de energia
Definição nos compartimentos de cargas de ventilação, iluminação, ocupação e equipamento interno
Definição de perfis de utilização
Definição de zonas, perfis de aquecimento e arrefecimento
Definição de sistemas de AQS e climatização
Método de simulação dinâmica multizona (EnergyPlus)
Cálculo das necessidades e consumos energéticos do edifício previsto
Geração automática do edifício de referência e calcula os respetivos consumos energéticos
Cálculo do Indicador de Eficiência Energética previsto
Cálculo do Indicador de Eficiência Energética referência
Indicação imediata da classe energética
Disponibiliza os ficheiros de avisos e resultados do Energy Plus
Geração de peças escritas e desenhadas

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM RECS Plus BIM Expert
Potencialidades do CYPETHERM RECS Plus BIM Pro
Permite a exportação dos dados para o CYPETHERM Improvements (Medidas de melhoria)
Geração do ficheiro em formato XML para posterior importação no portal da ADENE

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM HYGRO (Condensações)
Definição do elemento construtivo
Bibliotecas e catálogos de materiais
Cálculo da humidade superficial crítica em elementos construtivos segundo a norma EN ISO 13788:2012
Cálculo da condensação intersticial em elementos construtivos segundo a norma EN ISO 13788:2012
Cálculo do fator de resistência superficial interior segundo a norma EN ISO 13788:2012
Funciona como programa independente e integrado nos programas CYPETHERM REH e EPlus

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM BRIDGES (Pontes térmicas lineares por elementos finitos)
Cálculo de pontes térmicas lineares por elementos finitos, segundo a norma EN ISO 10211
Funciona como programa independente e integrado nos programas CYPETHERM REH, EPlus e LOADS

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM LOADS
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e sincronização de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC e gbXML
Sombreamento automático a partir da importação IFC
Deteção e cálculo de pontes térmicas lineares a partir do IFC
Cálculo da transmissão térmica de elementos construtivos, segundo ISO 6946 e ISO 10077-1
Cálculo do coeficiente de transferência de calor em elementos em contacto com o solo, segundo a norma EN ISO 13370
Cálculo dos coeficientes de transmissão térmica linear, segundo a norma EN ISO 14683
Cálculo das cargas térmicas segundo o Método das Séries Temporais Radiativas (RTS) proposto pela ASHRAE
Peças escritas relativas aos resultados do cálculo das cargas térmicas

Limitações
Consulte aqui.

CYPETHERM HVAC
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC
Desenho de esquema de princípio, com simbologia de acordo com ANSI/ASHRAE Standard 134
Cálculo de redes de tubagens e seleção de diâmetros standardizados
Cálculo do vaso de expansão pertencente a um sistema de distribuição de água
Cálculo de caldeiras
Cálculo e desenho de sistemas de VRF da TOSHIBA
Cálculo e desenho de sistema Estía, sistema de aerotermia da TOSHIBA
Cálculo e desenho de sistemas de expansão direta da TOSHIBA
Cálculo e desenho de condutas de ar condicionado
Cálculo e desenho de instalações hidrónicas de piso radiante
Cálculo e desenho de emissores radiantes (radiadores, painéis radiantes e emissores térmicos)
Desenho e cálculo de Unidades de Tratamento de Ar (UTA)
Peças escritas com cálculo detalhado e medição
Peças desenhadas de esquemas de princípio e plantas

Limitações
Consulte aqui.

CYPESOUND
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC e gbXML
Cálculo acústico segundo as normas EN 12354 (ISO 15712)
Verificação dos requisitos acústicos do edifício segundo o especificado pelo utilizador
Peças escritas relativas às verificações especificadas pelo utilizador
Permite utilizar o software Acústica EN12354 (Internacional) do CYPECAD MEP

Limitações
Consulte aqui.

CYPESOUND RRAE
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC e gbXML
Cálculo acústico segundo as normas EN 12354 (ISO 15712)
Verificação dos requisitos acústicos do edifício segundo o RRAE (DL nº96/2008), com exceção do artigo 10.º-A Auditórios e salas
Peças escritas relativas às verificações especificadas pelo RRAE
Permite utilizar o software CYPEVAC 3D do CYPECAD MEP

Limitações
Consulte aqui.

CYPELUX
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e exportação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC
Importação de ficheiros de luminárias em formato “ldt” e “ies”
Utiliza o motor de cálculo Radiance desenvolvido pela Lawrence Berkeley National Laboratory
Cálculo luminotécnico de instalações de iluminação normal (interior e exterior) e de emergência
Cálculo do nível de encadeamento com base no UGR definido na norma CIE 117:1995
Cálculo do fator de manutenção com base no método proposto pela norma CIE 97:2005
Cálculo da iluminância produzida pelo efeito da luz natural

Limitações
Consulte aqui.

CYPELUX EN
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e exportação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC
Importação de ficheiros de luminárias em formato “ldt” e “ies”
Utiliza o motor de cálculo Radiance desenvolvido pela Lawrence Berkeley National Laboratory
Cálculo luminotécnico de instalações de iluminação normal interior
Cálculo do nível de encadeamento com base no UGR definido na norma CIE 117:1995
Cálculo do fator de manutenção com base no método proposto pela norma CIE 97:2005
Cálculo da iluminância produzida pelo efeito da luz natural
Verificações segundo a norma EN 12464-1

Limitações
Consulte aqui.

CYPELUX RECS
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e exportação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC
Importação de ficheiros de luminárias em formato “ldt” e “ies”
Utiliza o motor de cálculo Radiance desenvolvido pela Lawrence Berkeley National Laboratory
Cálculo luminotécnico de instalações de iluminação normal interior
Cálculo do nível de encadeamento com base no UGR definido na norma CIE 117:1995
Cálculo do fator de manutenção com base no método proposto pela norma CIE 97:2005
Cálculo da iluminância produzida pelo efeito da luz natural
Verificações segundo o Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços (RECS)
Verificações segundo a norma EN 12464-1

Limitações
Consulte aqui.

CYPELUX LEED
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e exportação de informação de modelos BIM a partir de ficheiros em formato IFC
Utiliza o motor de cálculo Radiance desenvolvido pela Lawrence Berkeley National Laboratory
Certificação LEED, realiza a simulação definida na opção 2 do LEED v4.0 IEQ CREDIT 8.1

Limitações
Consulte aqui.

CYPETEL ITED (ITED 3ª edição)
Edifícios unifamiliares e multifamiliares
Cálculo e dimensionamento de redes de telecomunicações baseadas no Manual ITED 3ª edição
Geração das fichas técnicas, memória descritiva e quadros de dimensionamento e materiais
Geração dos esquemas de tubagens, pares de cobre, S-MATV, CATV e fibra ótica
Exportação das medições em formato BC3

Limitações
Consulte aqui.

CYPEPLUMBING Water Systems
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e exportação de ficheiros em formato IFC
Cálculo de instalações de abastecimento de água
Regulamento Geral dos Sist. Públicos e Prediais de Distr. de Água e de Drenagem de Águas Residuais
Muito flexível e editável
Permite definir configurações relativas à introdução de dados e dimensionamento da instalação
Gera listagens com os resultados de cálculo e medições da instalação
Gera peças desenhadas da instalação com a respetiva legenda

CYPEPLUMBING Sanitary Systems
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Importação e exportação de ficheiros em formato IFC
Cálculo de instalações de drenagem de águas residuais e pluviais
Regulamento Geral dos Sist. Públicos e Prediais de Distr. de Água e de Drenagem de Águas Residuais
Norma europeia EN12056
Muito flexível e editável
Permite definir configurações relativas à introdução de dados e dimensionamento da instalação
Permite a utilização de várias metodologias de cálculo
Gera listagens com os resultados de cálculo e medições da instalação
Gera peças desenhadas da instalação com a respetiva legenda

Limitações
Consulte aqui.

CYPEFIRE Sprinklers
Integrado no fluxo de trabalho Open BIM
Sprinklers e Bocas de incêndio armadas
Conceção e cálculo de redes hidráulicas de extinção de incêndios
Segundo a NFPA® 13 (National Fire Protection Association)
Cálculo hidráulico realizado com a ferramenta EPANET®
Gera listagens justificativas e desenhos da instalação

Limitações
Consulte aqui.


       

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais  OK